Muitas marcas investem seus recursos em meios de divulgação que não dão nenhum resultado ou que não atendem às expectativas. Algumas vezes, isso acontece por uma percepção equivocada de que determinada ação é mais importante que outra.

Uma maneira de diminuir ou erradicar o problema do desperdício tempo, trabalho e capital é por meio de um planejamento de marketing estratégico.

Neste artigo explicamos como é possível tornar suas ações de comunicação menos operacionais e como nós podemos te ajudar nas estratégias. Vamos lá?

O significado de ser mais estratégico

Quais são os objetivos do seu negócio? Aonde você quer chegar? Por que você realiza determinadas ações de marketing? Você sabe quais são os melhores canais para a sua empresa estar e como o sucesso deve ser medido? Ser capaz de responder a perguntas como essas é o pontapé inicial para trabalhar com mais estratégia.

No ambiente corporativo, isso é conduzido por meio de um planejamento que ajuda a empresa a bater suas metas de venda. No documento é definida a estratégia, de acordo com os objetivos do negócio, assim como, suas ações, cronogramas e indicadores de performance. Tudo isso auxilia na tomada de decisões para uma melhor utilização dos recursos.

Ser mais estratégico significa agir com propósito. É não pular diretamente para ação, sem saber o motivo exato do que está sendo feito, o que pode ser ineficaz ou até trazer prejuízos financeiros no longo prazo.

O marketing estratégico e sua importância para as empresas

É claro que esse conceito se aplica ao marketing. A estratégia do setor também deve ser planejada e seus resultados acompanhados. Para isso, é preciso definir qual é o público-alvo, concorrentes, canais, campanhas, resultados esperados, cronograma e indicadores. Somente após definir bem esses passos é que entra em ação a parte mais operacional, produzindo o material necessário para atrair clientes, gerar leads e vendas.

Será que você precisa estar em todas as redes sociais, na TV, outdoors ou em qualquer outro canal, online ou offline? Um planejamento estratégico e sólido de marketing, guiado por diretrizes que se alinham aos objetivos, é muito importante para o sucesso, além de, oferecer ao gestor conhecimentos sobre as necessidades atuais e futuras do mercado.

Um trabalho bem feito nessa linha, ajuda empresas a conhecer novos nichos em potencial e indica como acessá-los. Na prática, é constituído por:

Planejamento

Um plano de ações alinhado aos objetivos da marca, levando em consideração suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do mercado em que atua. Para isso, é necessário analisar não só o produto, mas também o público-alvo, os concorrentes e o ambiente. A matriz SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities, Threats) geralmente ajuda bastante nisso.

Mix de Marketing

Sustenta qualquer estratégia. Os pilares são: Produto, Preço, Praça e Promoção, também conhecidos como os 4Ps do Marketing.

Metas e estratégias

A definição de quais objetivos a empresa quer alcançar e como isso deve ser realizado. Além do estímulo à evolução da marca e aos funcionários, são bons dados para a análise dos gestores.

Indicadores de performance

Métricas que permitirão ao gestor mensurar e comparar os resultados entre períodos, entendendo se a empresa está mais perto de alcançar seus objetivos ou se existe algum erro que precise ser ajustado.

São exemplos: o Retorno sobre o Investimento (ROI), Custo de Aquisição do Cliente (CAC) e Taxas de Conversão. Além de escolher os indicadores, é importante definir com que frequência e por qual meio serão acompanhados.

As recomendações: como uma agência auxiliará

Você sente que o seu marketing ainda é muito operacional e gostaria que fosse mais estratégico? Nos tópicos a seguir, daremos algumas dicas que podem lhe ajudar.

Mude o mindset da sua gestão

Todas as suas ações devem ser pensadas com base nos objetivos que a empresa quer alcançar em determinado período. O que é mais importante para você no curto, médio e longo prazo? Gerar mais leads? Aumentar o tráfego no site? Não crie campanhas apenas por que outras empresas do nicho estão fazendo. Os objetivos delas podem ser diferentes dos seus.

É importante planejar ações com antecedência e definir metas inteligentes, ou seja, específicas, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais. Sendo assim, não basta estabelecer que você quer aumentar as vendas, é preciso definir em quantos porcentos, em qual período e porquê.

Quando a gestão adota o marketing estratégico, as ações fazem mais sentido, a utilização dos recursos empresariais é otimizada e fica mais fácil acompanhar os resultados por meio de dados.

Defina indicadores e acompanhe os resultados

E por falar em dados, lembra-se que um planejamento estratégico de marketing precisa definir os indicadores de performance com antecedência? Acompanhar as ações e certificar-se de que as metas estipuladas estão sendo alcançadas é essencial para uma gestão mais inteligente.

Há quem analise apenas os resultados, mas dessa maneira, erros específicos não podem ser descobertos e corrigidos tão facilmente antes que se chegue ao final do período.

Após definir os seus objetivos, estabeleça as métricas que devem ser usadas para mensurar os resultados. Além de acompanhar a performance e identificar erros, a iniciativa permite avaliar as campanhas mais eficazes.

O trabalho de mensuração geralmente é feito com auxílio de algum software, a exemplo do Google Analytics e Excel, mais voltados para o uso de dados, ou mesmo programas gerenciais, como um ERP (Sistemas de Gestão Empresarial) ou CRM (Softwares de Gerenciamento de Relacionamento com os Clientes).

Terceirize as ações operacionais

Se você quiser que a sua empresa cresça, muitas vezes, precisará confiar algumas demandas à um terceiro, o que geralmente acontece devido ao excesso de atividades e, portanto, falta de tempo ou de expertise da sua equipe para realizar internamente.

A possibilidade de permitir que seu time se concentre em ações mais estratégicas e táticas é outro benefício da descentralização. Se terceirizar ajudar a empresa a crescer, deixe o operacional para ser cuidado por uma agência especializada.

Os profissionais dessas empresas já são capacitados e costumam ter expertise e experiência em diversos segmentos, ajudando a diminuir preocupações e custos trabalhistas. Ao adotar uma gestão mais estratégica, por meio da terceirização, portanto, a produtividade da sua equipe tende aumentar ao mesmo tempo em que se otimiza a utilização de investimentos.

E então, você entendeu como o marketing estratégico se difere de ações mais operacionais? Criar um planejamento pode não ser fácil, mas é essencial para o crescimento da companhia. Faça uma análise SWOT em seu mercado e crie um plano, com estudos, cronograma, indicadores e metas inteligentes, para aumentar as chances de sucesso. Lembre-se de sempre manter o foco nos dados e objetivos da empresa.

Você precisa de ajudar para planejar e colocar em prática o marketing estratégico da sua empresa? Então ligue para a Agência HQT no (21) 3042-2486 ou utilize o formulário online para nos contar como podemos te ajudar.

HQT
Autor

Escreva um comentário

Share This