Abrir uma nova organização não é fácil e exige planejamento em diversos aspectos. Novas empresas demandam atenção redobrada nos investimentos, considerados mais arriscados no início, e muita dedicação dos gestores e seus funcionários.

Por isso, neste post explicaremos quais são, como se preparar e como superar os principais desafios de novas empresas em seus primeiros anos de funcionamento. Vamos lá?

Preparo para novas empresas

Muitos empreendedores abrem um novo negócio no seu nicho de formação e experiência, devido ao conhecimento técnico que já têm em determinada área. Mas o mundo corporativo exige mais do que isso.

Para abrir e gerenciar uma empresa, é preciso, mais do que teoria e experiência técnica, entender de administração e suas vertentes, como gestão de pessoas, processos, finanças, vendas, marketing e controle de estoque.

Uma forma de se preparar para os desafios é criar um plano de negócios, documento no qual o empreendedor deve detalhar a situação do mercado e fazer previsões financeiras, para que ele tenha uma ideia das dificuldades e cenários que pode enfrentar.

É preciso pensar sobre os pontos fortes e fracos da empresa e concorrência, dificuldade de acesso ao crédito, fluxo de caixa, encargos, capital de giro, precificação de produtos ou serviços, entre outros.

Você quer uma dica? Faça um planejamento que estude cenários diferentes: em um você vende mais, no outro, menos. Assim, você cria uma margem de erro e previne que seja pego desprevenido por uma crise ou necessidade imediata de capital de giro. De qualquer forma, quando o assunto for finanças, seja bastante realista, pois isso lhe garantirá mais segurança.

Além dos custos de produção e compra de produtos/serviços, estude também demais gastos e despesas, como salários, aluguel, impostos, frete, energia, etc. Se você tiver dúvidas quanto a isso, o site do Sebrae pode te ajudar.

Após trabalhar em um plano de negócios e definir muito bem todos os processos, é hora de lançar a sua marca no mercado e estar disposto a encarar os desafios, sobre os quais discutiremos a seguir.

Desafios comuns às novas empresas

Agora, conheça 5 das principais dificuldades recorrentes a empreendedores iniciantes, especialmente gestores de pequenas e médias empresas:

1. Gestão de processos

O sucesso de uma organização, muitas vezes, depende mais de sua gestão do que da qualidade dos seus produtos ou serviços. Empresas de sucesso apresentam processos bem definidos, com fluxos de trabalho desenhados, reconhecidos pelas pessoas envolvidas em cada atividade.

Dependendo do quão cedo a empresa tenha sido lançada ou do nível de planejamento que foi realizado, os processos podem ser inexistentes ou mal definidos. Além de dar uma má impressão ao cliente (de desorganização e despreparo), essa situação torna qualquer atividade mais lenta, diminuindo a produtividade e prejudicando os resultados financeiros. Afinal, tempo é dinheiro, concorda?

2. Gestão de pessoas

Gerir o capital humano é outro grande desafio, que, na verdade, se relaciona com o anterior. Muitas vezes, devido às limitações e incertezas financeiras, os empreendedores não conseguem contratar mão de obra especializada ou líderes, que consigam conduzir e treinar a equipe — uma vez que os processos ainda estão sendo definidos.

3. Concorrência

As pequenas e médias empresas, principalmente, sentem dificuldades em enfrentar a concorrência em uma dinâmica de mercado tão competitiva como a atual. Muitas vezes, precisam ganhar a preferência do consumidor disputando com marcas gigantes e bem estruturadas, que fazem propaganda na TV, rádio, internet e outdoors.

4. Atração de novos clientes

Não saber em quais canais investir em marketing, qual a verba necessária e qual o perfil do público-alvo também são desafios que se apresentam para novas empresas, devido à falta de histórico. Sem essas informações, fica muito difícil vender um produto ou serviço que seja útil, necessário e atenda a preferência das pessoas.

5. Acesso ao crédito

Esse é um desafio muito comum às novas empresas e que pode ser difícil de contornar. Além da burocracia, para conseguir uma linha de crédito em um banco, existem alguns requisitos básicos, como garantias, fiador e um planejamento dos investimentos — requisitos que, muitas vezes, faltam ao empreendedor iniciante.

Superação dos desafios iniciais

Felizmente, para todos os desafios que elencamos, existem algumas soluções. Se você está lançando uma nova empresa no mercado, uma das primeiras coisas a se fazer é definir bem os processos. Para isso, você pode criar documentos, manuais, vídeos, utilizar ferramentas, como o Process Street, um mapa mental ou, até mesmo, criar um wiki, espécie de enciclopédia online, descrevendo todo o fluxo de trabalho. O importante é que o seu time conheça o passo a passo de cada atividade.

Aliás, se você tiver condições, invista na contratação de colaboradores experientes no seu nicho de atuação (que devem ser bem remunerados), já que eles podem ajudar na construção da empresa com sua expertise.

Alguns deles podem até ter uma carteira de clientes da empresa anterior ou contatos comerciais já estabelecidos. Além disso, eles podem ajudar a sua empresa a criar maneiras de se diferenciar no mercado e avançar sobre a concorrência.

Outra forma de ganhar mais market share é investir em campanhas de marketing, especialmente em mídias digitais, que costumam ter custos mais baixos e possibilitam criar segmentações mais interessantes. Esses investimentos podem ser feitos em anúncios, inbound marketing, redes sociais e influenciadores digitais, por exemplo.

Isso ajudará também a marca a ser mais reconhecida no mercado e atrair os seus primeiros clientes. Aliás, você pode fazer isso de forma gratuita acionando a sua rede de contatos, amigos e familiares, que podem auxiliar na divulgação. Lembre-se de estudar o perfil desses primeiros consumidores para otimizar suas campanhas de marketing e fidelização.

E quanto ao crédito? Bem, esse realmente é um desafio que pode ser difícil de superar, mas existem algumas alternativas. O primeiro passo é pedir ajuda a algum amigo ou familiar, fugindo da burocracia e conseguindo adiantar o crescimento da sua empresa.

Avalie também as opções de microcrédito disponíveis no mercado, cuja captação é mais fácil e os valores são menores, podendo ser renovados periodicamente. Lembre-se que esta opção exige acompanhamento de um gestor externo à empresa. O Sebrae lançou, recentemente, o Quinta do Crédito, um portal que dá muitas dicas acerca desse assunto. Vale a pena conferir!

Sabemos que é difícil gerenciar novas empresas e que o empreendedorismo é cheio de desafios, mas não desanime! Busque renovar seus conhecimentos técnicos e, especialmente, a experiência gerencial. Participe de eventos, troque experiências e faça networking. Com o passar do tempo, você conseguirá amadurecer a sua empresa no mercado e ganhará a preferência de alguns clientes.

Você é um empreendedor iniciante? Quais desafios você já enfrentou na sua jornada? Deixe seu comentário e compartilhe suas experiências conosco!

HQT
Autor

Escreva um comentário

Share This