O mercado de trabalho está em constante transformação. O ambiente está mais flexível, fluido e inovador. Novas posições vêm surgindo, enquanto outras deixam de existir. Nesse cenário, é cada vez mais comum ver jovens em posição de liderança.

Em geral, esse tipo de gestor costuma ser bastante criativo, proativo e determinado. Não tem medo de errar e trabalha duro para alcançar seus objetivos e metas.

Essa nova geração de líderes traz um novo olhar para as empresas. Por outro lado, trata-se de um desafio para o mercado e para os profissionais mais tradicionais. Afinal, é inevitável que exista um choque de gerações.

Mas será que os jovens estão preparados para assumir essas funções? O que eles têm a oferecer ao assumir posições de comando? Neste texto, vamos abordar as vantagens que a sua empresa terá ao contar com jovens líderes no trabalho e quais os principais desafios que eles enfrentam. Confira!

Vantagens que os jovens líderes proporcionam às empresas

Muitos jovens sonham em ingressar no mercado e alcançar um posto de liderança dentro da empresa. Mesmo que essa situação não seja tão corriqueira, acredita-se que esse tipo de profissional consegue entregar soluções mais eficientes em relação aos gestores mais velhos.

Nesse sentido, vamos listar algumas vantagens que a companhia conquista ao apostar em jovens líderes. Acompanhe!

São abertos aos feedbacks

Geralmente, pessoas mais jovens são mais receptivas em relação aos feedbacks que fazem parte do dia a dia do trabalho. Dessa forma, como eles estão mais dispostos a ouvir sobre seus pontos fortes e pontos de melhorias, asseguram muito mais produtividade e eficiência na rotina.

Além disso, o feedback positivo, em especial, contribui para que esses novos líderes se tornem ainda mais confiantes e motivados para executar suas atividades.

Aceitam bem as mudanças

Jovens sabem conviver com as mudanças de forma muito tranquila. Eles, aliás, sabem que elas são inevitáveis e fazem parte do processo. Assim, estão sempre preparados para lidar com novas situações e desafios.

Não por acaso, eles fazem um bom networking, buscam se aperfeiçoar continuamente e, assim, estão sempre tendo novas ideias e encontrando as melhores maneiras de implementá-las, a fim de otimizar os resultados da empresa.

Com esse tipo de postura, costumam atingir seus objetivos mais rapidamente, uma vez que enxergam diversos caminhos para alcançá-los.

Se aperfeiçoam continuamente

Para conseguir o respeito entre os subordinados e os colegas da organização como um todo, os jovens sabem que precisam se superar continuamente. Por isso, estão sempre buscando formas de aperfeiçoar o seu conhecimento, tanto de maneira formal quanto informal.

Seja ouvindo um podcast, vendo uma palestra do TED, fazendo um curso online ou um MBA, esses líderes estão atentos às novidades e às tendências do mercado em que atuam. Eles sabem que esse tipo de ação é vital para manter a motivação e conquistar bons desempenhos.

Têm objetivos ousados

Os jovens líderes têm a tendência de projetar objetivos e metas muito maiores em relação aos profissionais tradicionais.

Como estão dispostos a correr riscos maiores, “miram na lua” e lutam, incansavelmente, para realizar aquilo que se propôs. Além disso, ele não faz isso pensando apenas em si.

Esses novos gestores também trabalham para que a sua equipe sinta-se motivada para atingir esses mesmos desafios.

Desafios que os jovens líderes enfrentam

É claro que esse cenário de novos gestores têm inúmeros desafios. O principal deles, talvez, seja em relação à questão comportamental.

Embora tenham um alto nível acadêmico e sociocultural, em uma empresa eles encontram um ambiente muito plural e, assim, precisam saber lidar com pessoas muito diferentes.

A seguir, listamos algumas das principais dificuldades enfrentadas pelos jovens líderes. Veja!

Respeitar as diferenças

É inevitável que, ao assumir uma posição de gestão, o jovem encontre inúmeras diferenças.

Esse desafio pode ser ainda mais intenso em relação às pessoas de uma ou duas gerações anteriores, ou seja, colaboradores que estão no mercado há muitos anos e se acostumaram a trabalhar em ritmos e formatos muito diferentes.

A ideia, portanto, é que as diferenças sejam efetivamente respeitadas. Cabe ao novo líder entender os colegas, criar empatia e, assim, ajudar o funcionário a se desenvolver. Esse tipo de atitude é crucial para que a equipe esteja unida e integrada em torno dos mesmos objetivos.

Entender a visão do todo

Além da questão de lidar com subordinados e colegas, os jovens gestores também podem encontrar outras barreiras, como a baixa visão sistêmica, ou seja, a falta de visão do contexto.

Isso pode ser creditado aos poucos anos de experiência no mercado de trabalho. Nesse contexto, é importante que o líder, por exemplo, leia livros sobre gestão de pessoas e tenha mentores, isto é, pessoas mais experientes que possam ajudá-lo a trilhar o caminho do sucesso.

Ter mais paciência

Os jovens líderes também têm como desafio o fato de, geralmente, serem muito exigentes e difíceis de satisfazer. No entanto, precisam ter em mente que as coisas acontecem no seu tempo e só serão possíveis com experiência no mercado.

Nesse sentido, é essencial que a empresa esteja preparada para fornecer feedback honesto, positivo e constante. Além disso, é vital que a organização deixe claro que muitos projetos são realizados apenas com o longo prazo. Por isso, é preciso que valores como persistência, paciência e resiliência sejam praticados continuamente.

E aí, o que achou de saber sobre os jovens líderes no mercado? Cada vez mais bem informados e preparados, a tendência é que eles continuem ocupando cargos de gestão e tragam mais criatividade, dedicação e disponibilidade para o dia a dia das empresas.

Muito mais do que recompensas financeiras, esses jovens buscam por empresas que atuam de forma alinhada com suas ideias, valores e propósitos. Portanto, o sentimento de construir algo grandioso é essencial para que esse profissional possa se destacar e ter sucesso.

Ao mesmo tempo, esses jovens líderes também enfrentarão mais desafios. O maior deles, talvez, continua sendo o choque entre as gerações. Mas também há as dificuldades em relação a um mercado competitivo e de mudanças exponenciais. Sendo assim, adaptar-se aos diversos cenários é uma habilidade cada vez mais indispensável.

Se você gostou deste texto, também recomendamos que confira o nosso artigo que fala sobre como ser promovido e alcançar o cargo dos sonhos. Boa leitura!

HQT
Autor

2 Comments

  1. Maria Eduarda Reply

    Sou fã deste escritório e do movimento que andam fazendo. Vamos todos retomar este novo mercado!
    Bjs

Escreva um comentário

Share This