Muitas empresas já viveram situações de atrito entre os times de marketing e vendas. É possível, inclusive, que isso já tenha acontecido na sua organização. Isso acontece porque, não raramente, existe um abismo entre os dois departamentos. O grande problema dessa situação é que muitas informações ficam perdidas e os resultados finais são prejudicados.

Sem um bom posicionamento em vendas, as chances de atrair ou fidelizar um cliente diminuem substancialmente. Da mesma forma que, se não existirem boas estratégias em marketing, a empresa geralmente fica com dificuldades para alcançar mercados além daquele em que já atua.

É exatamente nesse contexto que surge o vendarketing (vendas + marketing), que pode ser uma ótima alavanca para o sucesso da companhia. O termo consiste em alinhar essas duas áreas por meio de objetivos, processos e métricas para aumentar consideravelmente a eficiência da aquisição e retenção de consumidores.

Neste post, vamos mostrar por que esse alinhamento pode deixar os profissionais mais organizados, o que trará um grande diferencial competitivo para a empresa. Confira!

Por que apostar no vendarketing?

Aplicar o vendarketing é sinônimo de criar uma equipe pronta para maximizar o faturamento e os lucros da empresa. Quando bem executada, essa estratégia permite mais conhecimento por parte dos vendedores em relação ao comportamento do cliente. Assim, eles conseguem aperfeiçoar suas abordagens.

Em tempos nos quais as estratégias nos meios digitais precisam ser cada vez mais eficientes, é primordial que o marketing entregue os prospects para o time de vendas, que, por sua vez, tem de estar preparado para uma oferta certeira e coerente com as impressões que a pessoa já obteve da companhia.

Como alinhar as equipes de marketing e vendas?

Para implementar o vendarketing em seu negócio, acompanhe o que precisa ser feito:

Adotar um único discurso

Para que o vendarketing aconteça, é crucial que os dois departamentos tenham o mesmo discurso dentro da empresa. Todos precisam saber, por exemplo:

  • Quem é o consumidor ideal?
  • O que é um lead?
  • Quais os desafios da outra área?
  • Quais ações de marketing mais influenciam nas vendas?
  • Como é a jornada do consumidor no marketing?
  • Quanto dura um ciclo de vendas?

Quando os departamentos sabem responder perguntas como essas, a informação é alinhada e há mais eficiência na estratégia. Em linhas gerais, o processo deve ser único e deve estar totalmente claro para os profissionais envolvidos. Isso cria um estilo de trabalho sólido e evita falhas de comunicação entre as equipes.

Contar com uma comunicação estruturada

A rotina do time de marketing e do setor de vendas é dinâmica, e a troca de informações precisa ser contínua, de forma que haja aprendizado sempre. Para que o vendarketing aconteça, é indispensável que haja uma comunicação estruturada e constante.

Afinal, como o marketing saberá se os leads enviados são qualificados? Ou se as campanhas estão gerando bons resultados? Ou, por parte do time de vendas, como os vendedores poderão se preparar para alguma ação de marketing?

Uma ótima dica é criar reuniões frequentes entre as equipes para troca de ideias e experiências. É importante que a empresa tenha algum sistema de comunicação, como o Slack, e sempre incentive o sucesso profissional de ambos os setores.

Essa troca, com certeza, proporcionará processos muito mais eficientes e as decisões serão tomadas de forma mais ágil e certeira.

Analisar as métricas

Para uma eficiente estratégia de vendarketing, é fundamental que exista um trabalho no qual todos os profissionais devam ter objetivos relacionados aos números a serem alcançados.

Além disso, o desempenho de tais setores em cada estágio do processo deve ser medido para que sejam identificadas possíveis oportunidades e falhas. O cenário ideal, portanto, é mensurar o impacto de cada ação desenvolvida pelos times de marketing e vendas.

Para qualquer departamento de marketing, o foco em métricas deve ser adotado, uma vez que o time de vendas já está mais acostumado com os números. Com o vendarketing, o departamento de marketing passa a ser muito mais do que um centro de custo, que é visto somente para gerar despesas.

O que vale, no fim das contas, é o Retorno sobre Investimento (ROI). Para que o ROI seja essencialmente aplicado, é imprescindível que o retorno em cima de um flyer, de um outdoor ou de anúncios do Facebook, por exemplo, seja medido.

A partir do momento em que o marketing mostra que com R$ 5 mil de investimento ele gera 100 mil leads e vende um imóvel de R$ 160 mil, por exemplo, ele mostra que é uma fonte de receitas para a empresa. Os números, portanto, também precisam ser uma rotina no marketing.

Integrar os sistemas

Imagine um cenário no qual o vendedor, no momento em que recebe um lead, tem acesso a todas as interações com as ações do marketing. Naturalmente, o profissional de vendas já conhece muito mais do potencial cliente e, assim, pode estabelecer conexões muito poderosas com o provável consumidor.

Para que isso funcione de forma efetiva, é essencial que as informações não se percam entre os sistemas de marketing e vendas. Caso você não tenha CRM, permita que todos os vendedores tenham acesso à plataforma de automação. Em último caso, se você utiliza planilhas, assegure que estejam disponíveis para todos.

O vendarketing é, principalmente, uma mudança de mentalidade no comportamento profissional em relação ao processo de conquistar e reter clientes. Todas essas dicas que você viu são inspiradas em situações práticas, que realmente fazem sentido e geram resultados. No entanto, obviamente, você pode se adaptar de acordo com as suas particularidades e necessidades.

O mais importante de tudo é ter em mente que, definitivamente, é possível integrar os times de marketing e vendas, de forma que os processos se tornem eficientes, as decisões mais ágeis e os acertos, mais frequentes. A consequência disso é uma empresa muito mais forte e comprometida com um cenário de crescimento contínuo e sustentável.

Se você chegou até aqui, é muito provável que tenha gostado deste texto. Acertamos? Então, não deixe de nos acompanhar em nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no LinkedIn e no Instagram!

HQT
Autor

Escreva um comentário

Share This