Você já se sentiu sobrecarregado na empresa a ponto de parecer que as horas não passam e que as demandas, tão comuns ao seu cargo, estão mais cansativas do que o normal? É preciso ter cuidado, pois você pode estar sofrendo de estresse no trabalho.

Isso pode ser um nervosismo ocasional, devido à pressão ou incertezas sobre os rumos da sua carreira, por exemplo. Pode ser também uma patologia, caso tais desconfortos aconteçam diariamente na organização.

Você não está sozinho. De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Internacional de Controle de Estresse (ISMA), o Brasil ocupava o segundo lugar entre os países com profissionais estressados no trabalho em 2015.

Ainda de acordo com o estudo, cerca de 30% dos trabalhadores brasileiros sofrem da síndrome de Burnout, que gera esgotamento emocional, psicológico e físico em decorrência do excesso de trabalho.

Neste artigo você conhecerá as principais razões para que isso ocorra e alguns sintomas, além de ver dicas para evitar ou resolver o problema. Acompanhe!

Causas de estresse no trabalho

Primeiramente, é importante explicar que nem sempre o cansaço é o único aspecto do estresse no trabalho. Aquelas pessoas que sofrem desse mal vivem excessivamente preocupadas, têm dificuldades para descansar e, por isso, perdem noites de sono e se sentem fisicamente e emocionalmente desgastadas. A falta de motivação é uma das consequências do problema, tanto no ambiente laboral quanto em momentos de lazer.

Em uma pesquisa realiza pela Wrike, empresa de gestão de projetos, considerando mais de 1.400 profissionais ao redor do mundo, foram descobertas as principais causas de estresse no trabalho. Confira os dez maiores motivos e a percentagem dos respondentes:

  • incerteza sobre o próprio papel no projeto: 24%;
  • pouco envolvimento de patrocinadores: 28%;
  • falta de força de vontade da equipe: 37%;
  • falta de colaboração e coordenação: 42%;
  • distorção de funções: 43%;
  • atribuição de tarefas pouco claras: 44%;
  • liderança confusa: 44%;
  • mudanças de prazos: 47%;
  • metas irreais: 49%;
  • problemas com prioridade de tarefas: 51%; e
  • desencontro de informações: 52%.

O estresse no trabalho geralmente deixa o profissional mais alerta, o que costuma acontecer no início do problema. Isso pode ser positivo para promover resultados melhores e crescer na carreira, mas é preciso prestar atenção nos momentos seguintes.

Uma fase posterior ao alerta é a resistência, quando o estresse começa a se manifestar fisicamente, gerando problemas de queda de cabelo, perda de peso e ranger dos dentes, por exemplo. Se você perceber esses sintomas, é hora de intervir antes que haja maiores consequências.

Sem o auxílio correto para esses sinais, você pode começar a perceber momentos de depressão e apatia. Caso isso aconteça, você pode considerar ter um problema avançado e sério de estresse no trabalho e, portanto, é preciso procurar ajuda profissional.

Orientações para evitar o estresse

Se você já está apresentando alguns sintomas de estresse, como insônia, alterações de humor, problemas de concentração e necessidade de isolamento devido ao seu trabalho, experimente praticar as dicas a seguir.

Evite sobrecarga de trabalho

Ainda não existe uma fórmula contra o acúmulo de responsabilidades no ambiente do trabalho, mas esforce-se para não levar tarefas para casa e evite receber novas demandas, se possível. Muitas vezes, você pode iniciar isso organizando o seu escritório. Uma boa forma de fazer isso é aplicando o conceito dos 5s.

Organize seu tempo e respeite seus limites

Organize todas as tarefas que precisam ser feitas e atribua prioridades, considerando o tempo que você precisará para realizar cada uma e o prazo que lhe foi dado pela empresa. Se, por acaso, você está constantemente recebendo tarefas além do seu limite, comunique isso aos seus gestores para que haja uma melhor distribuição e qualidade na execução do trabalho.

Saiba lidar melhor com a pressão exacerbada

Muitas vezes as empresas, por meio de seus gestores, estabelecem metas inalcançáveis, obrigando seus colaboradores a se esforçarem para o sucesso da empresa. Isso gera bastante pressão e pode ser uma das causas do estresse no trabalho, como mostrou a pesquisa que citamos anteriormente.

Se começar a sentir frustração por não conseguir entregar os resultados esperados, converse. Seu gestor pode distribuir melhor as tarefas ou ajustar prazos melhores, sem precisar sobrecarregar ninguém. Lembre-se que é preciso estabelecer prioridades, pois, caso contrário, suas tarefas podem não avançar.

Unifique sistemas

A falta de informação que alguns profissionais recebem em relação a outras equipes pode ser bastante frustrante e, como evidenciado na pesquisa, gera estresse no trabalho. Uma maneira de resolver isso é apostar no uso de tecnologias que integrem os sistemas e, por meio de dados e informações centralizadas, os colaboradores possam trocar conhecimento e evitar o retrabalho de atividades sem necessidade.

Entenda que a vida não é só trabalho

É claro que pensar na sua carreira é importante, mas essa não deve ser a única coisa relevante na sua vida. Reserve um tempo considerável para passar com os seus amigos e família. A diversão torna o dia a dia menos estressante e ajuda a enfrentar a rotina de trabalho com mais saúde.

Em seus momentos fora da empresa, pratique um hobby e evite pensar nas atividades que você precisará realizar no próximo dia de trabalho.

Meditação

Praticar meditação também pode ser uma forma de aliviar o estresse. Isso pode ser feito em encontros de ioga presenciais, cursos online ou através de aplicativos como o HeadSpace, por exemplo. Em cerca de 10 minutos você pode realizar algumas atividades. A concentração, tomada de decisões e as relações pessoais podem ser melhoradas com esse hábito. Aqui na HQT temos praticantes de Meditação Transcendental e é nítido quando a galera está em dia com a atividade.

Fornecedores e parceiros de qualidade podem ajudar

Especialmente se você for um gestor, outra maneira de evitar ou eliminar o estresse no trabalho é escolher melhor seus fornecedores e parceiros, que devem ser de confiança e entregar resultados de qualidade. Se você concentra muitas atividades na sua equipe, estude como uma agência pode aliviar a carga de trabalho.

E então, aprendeu mais sobre as causas, sintomas e maneiras de evitar esse problema tão comum no Brasil? Coloque essas dicas em prática e melhore o ambiente na sua empresa.

Aproveite para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos ricos como este!

HQT
Autor

Escreva um comentário

Share This