Sabe quando uma empresa realiza uma ação que acaba motivando os consumidores a falarem de sua marca, serviços ou produtos de maneira espontânea? Pois bem, esse movimento é o chamado marketing boca a boca.

As marcas se aproveitam da comunicação natural que acontece entre as pessoas. Quando uma empresa apresenta algo surpreendente, a experiência do consumidor acaba virando assunto nessas rodas de conversa — inclusive no mundo virtual.

Mas, em meio a tantas outras estratégias, será que o marketing boca a boca ainda funciona? Siga a leitura do post e descubra se ele pode ajudá-lo. Vamos lá?

Como acontece o marketing boca a boca?

O exponencial crescimento da comunicação digital, principalmente pelas mídias sociais, potencializou o diálogo espontâneo — base do marketing boca a boca. Hoje, uma experiência vivida pode ser compartilhada, comentada, curtida e avaliada por milhões de pessoas em poucos segundos.

A partir do momento que esta mensagem positiva começa a se espalhar, o custo de aquisição do cliente diminui. Isso porque entram em jogo os defensores da marca. Eles são fãs da empresa que acabam criando um relacionamento emocional com o produto.

Assim, passam a ser verdadeiros vendedores, sempre dispostos a elogiar a empresa e indicá-la. Sem dúvida, uma grande vantagem competitiva em relação aos concorrentes. Como o consumidor de hoje está muito mais conectado e exigente, ele deseja esse tipo de informação, da opinião de outras pessoas.

Por isso, hoje, não basta ter um bom produto. Também é preciso ouvir o consumidor e ofertar a ele uma experiência inesquecível.

Quais as estratégias para fidelização do cliente?

Como vimos, o marketing boca a boca depende da fidelização do cliente para acontecer.

Algumas estratégicas ajudam a manter a confiança do consumidor em relação à marca e, assim, promover a fidelização do cliente. Confira quais são elas!

Descubra quem é o seu público

Uma estratégia eficaz de fidelização começa por uma boa pesquisa. Analise o que faz com que seus clientes falem bem da sua empresa.

As redes sociais podem ser um bom campo para essa pesquisa. Leia com atenção os comentários e descubra o que dispara uma reação positiva ou negativa. Trabalhe essa informação em prol da sua marca.

Saiba como abordar o cliente

O marketing boca a boca depende de uma boa abordagem. A mensagem que você quer que o cliente passe precisa ser trabalhada. Não adianta achar que o consumidor vai repetir a sua propaganda.

Encare como um bate-papo com seu cliente!

Seja verdadeiro

A mensagem que você precisa passar para o consumidor deve ser muito mais do que bonita e eficiente. Ela precisa carregar verdade. Só assim o cliente passará essa informação adiante. E atenção: esse consumidor mais exigente enxerga de longe uma propaganda enganosa!

Mantenha uma constância

A fidelização do cliente depende de constância. Isso porque ele percebe rapidamente quando a empresa prepara uma ação apenas para conquistar vendas.

Quando isso acontece, o consumidor se sente enganado e passa, inclusive, a fazer propaganda negativa da empresa.

Como o buzz marketing e o referral marketing podem ajudar?

O buzz marketing agrupa um conjunto de estratégias que podem ser aplicadas para estimular o reconhecimento da marca e, consequentemente, o engajamento dos consumidores. Ele tem como foco dois públicos distintos, conhecidos como pioneiros e early adopters.

O primeiro grupo é formado por interessados em novidades, sempre dispostos a dar uma chance à empresa. Assim que são conquistados, passam para o segundo grupo, encarregado de iniciar uma conversa com outros potenciais clientes. Nessa estratégia, não basta que sua marca seja reconhecida. É importante que haja discussões sobre ela.

Já o referral marketing — ou marketing de indicação — é baseado nas experiências dos clientes. Quando um consumidor é bem atendido, por exemplo, ele tende a indicar a empresa a um amigo ou familiar.

Tanto o buzz marketing quanto o referral marketing podem fazer parte de uma estratégia de marketing boca a boca. Enquanto o primeiro trabalha o reconhecimento da marca e a discussão em torno dela, o outro gera a indicação.

Como aprimorar a estratégia de marketing boca a boca?

Algumas ações são fundamentais para o sucesso dessa estratégica. Acompanhe!

Mantenha a qualidade do produto ou serviço

Não adianta investir em marketing e deixar de lado a qualidade do produto ou serviço que levou os consumidores a indicá-los.

O segredo é manter os clientes sempre satisfeitos e mostrar, ao longo do tempo, que você se importa com eles. E, quando surgirem problemas, tente resolvê-los rapidamente, antes que esse cliente possa falar mal da marca.

Resumindo: foque na experiência do cliente em cada fase da jornada do consumidor.

Prepare pequenas surpresas

A experiência do cliente é fundamental para uma boa estratégia de marketing boca a boca. E como as pessoas gostam de ser surpreendidas, de receber um atendimento além do esperado, entregar algo a mais é uma forma excelente de incentivar que falem positivamente da sua empresa.

Às vezes, pode ser algo simples, desde um  brinde até um elogio ao seu cliente nas redes sociais.

Use a criatividade

O que é inovador sempre chama a atenção. Não tenha medo de dar aquele “pulo do gato” e busque ideias inusitadas, que não só chamem a atenção do consumidor, mas que também sejam um bom motivo para que ele inicie o esperado boca a boca. Os conteúdos virais são ótimos exemplos!

Conte a sua história

Se há uma boa história por trás da sua marca, faça com que seu cliente a conheça e a espalhe.

Gostamos de ouvir e contar histórias. Por isso, essa é uma boa maneira de encantar e espalhar sua mensagem.

Chame seu cliente para participar

Essa é uma boa maneira de engajar clientes. Convide-os para eventos (pode ser online), ofereça conteúdos diferenciados, crie uma comunidade virtual para que ele possa dialogar com você facilmente.

Além disso, incentive-o a compartilhar o seu conteúdo, fazer check-in, postar fotos dos seus produtos nas redes sociais etc.

Agradeça aos seus clientes

Um “muito obrigado” é sempre bem-vindo e pode fazer toda a diferença. Reconheça com um agradecimento público os clientes que estão falando da sua empresa.

Geralmente, esses consumidores não esperam nada em troca e, quando a marca agradece, é uma surpresa extremamente agradável, que fará com que essa ajuda se repita mais vezes.

Enfim, o marketing boca a boca é um processo orgânico que, quando bem empregado, com as estratégias corretas, garante ótimos resultados a um custo baixo. Gostou do artigo? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário no post!

HQT
Autor

Escreva um comentário

Share This